Autoplay

domingo, 21 de agosto de 2011

Recursos Hídricos

Os recursos hídricos são as águas superficiais ou subterrâneas disponíveis para qualquer tipo de uso de região ou bacia.
A gestão dos recursos hídricos é um procedimento que visa adotar as melhores soluções no uso da água nas diferentes necessidades e na conversação do meio ambiente. Essa gestão deve se basear num planejamento pró-ativo que deve ter como principal objetivo a sustentabilidade e a otimização dos recursos financeiros.
Tipologias:
Açude - conjunto constituido por barragem ou barramento de um curso d’água efêmero (escoamento superficial que tem lugar após as chuvas e que cessa após algum tempo). A foto ao lado é do Açude Camorim, que fica na Zona Oeste do Rio de Janeiro.
Aqüífero é uma formação geológica que contém água e permite que quantidades significativas dessa água se movimentem no seu interior, em condições naturais. Ao lado, o Aqüífero Guarani que fica no subsolo de oito estados brasileiros e se estende até a Argentina, Uruguai e Paraguai. Uma das maiores preocupações éo quanto fertilizantes químicos e pesticidas utilizados na agricultura dessa região podem contaminar os lençóis freáticos. Só para recordar: lençol freático é a parte superior de um depósito subterrâneo de água.
Lago é uma depressão natural na superfície da Terra que contém permanentemente uma quantidade variável de água. Essa água pode ser proveniente da chuva, duma nascente local, ou de curso de água, como rios e glaciares geleiras que desaguem nessa depressão. Normalmente, a água dos lagos é água doce, mas existem no mundo alguns importantes lagos salgados, como o Grande Lago Salgado da América do Norte (Foto1) ou o Mar Morto no Oriente Médio (Foto2).
Lista de Lagos do Wikipédia.
O Lago Baikal é o maior lago de água doce da Ásia, o maior em volume de água do mundo (23.600 km³), o mais antigo (25 milhões de anos) e o mais profundo da Terra (1.637 m). O lago é tão grande que se todos os rios na Terra depositassem as suas águas no seu interior, levaria pelo menos um ano para encher. É responsável por 20% da água doce líquida do planeta.
O maior lago de água doce por área é o Lago Superior com 82.000 km². O Lago Superior localiza-se entre o Canadá e os Estados Unidos.
O Mar Cáspio é o maior lago água salgada da Terra em área e volume. Tem 371 mil km2 e volume de 78.200 km³. Situa-se entre o extremo leste da Europa e o extremo oeste da Ásia. A poluição resultante de quase metade da população russa e de um terço da produção industrial e agrícola de áreas do rio Volga explica os elevados níveis de poluição em quase toda a bacia hidrográfica. A falta de preocupação ambiental no período soviético foi um dos fatores para a degradação do mar Cáspio.
O Lago de Sobradinho é a maior reservatório artificial do mundo e também abriga uma das maiores hidrelétricas do Brasil.
Lagoa é uma porção de água cercada por terra. Segundo outras definições, lagoa é um “lago pouco extenso”, no entanto há várias “lagoas” maiores do que muitos chamados “lagos”. Ao lado, a Lagoa Rodrigo de Freitas no Rio de Janeiro. Atualmente sofre problemas de poluição por despejo de esgoto e substâncias químicas das atividades do entorno.




Laguna é uma depressão formada por água salobra ou salgada, localizada na borda litorânea, comunicando-se com o mar através de canal, constituindo assim uma espécie de “quase-lago”. Ao lado, a Lagoa dos Patos que na verdade é uma Laguna.
rio amazonas Rio - Um rio é uma corrente natural de água que flui com continuidade. Possui um caudal considerável e desemboca no mar, num lago ou noutro rio. Ao lado, o Rio Amazonas, o mais extenso do mundo e o maior em volume d´água.


Qual a diferença entre um Lago e uma Lagoa?
“A primeira diferença está no tamanho. Ambos são definidos como uma extensão de água cercada por terra mas os lagos são maiores. O problema é que não existem dimensões mínimas ou máximas para cada um deles, o que pode gerar confusões. Existe outra diferença relacionada à origem de sua formação. “Os lagos geralmente são resultados de transformações em larga escala do relevo terrestre”, afirma o geógrafo Mário de Biasi, da Universidade de São Paulo (USP). A maioria dos lagos atuais nasceu durante as glaciações do período Pleistoceno (entre 1,6 milhão e 10 mil anos atrás), quando boa parte da Terra ficava coberta de gelo. O lento deslocamento das geleiras abria grandes depressões no solo, onde a água se acumulava. Isso explica a alta concentração de lagos no hemisfério norte (zona bastante afetada pela glaciação), como os Grandes Lagos, na fronteira entre os Estados Unidos e o Canadá.
Outra possibilidade é a elevação de montanhas, como a cordilheira dos Andes, que deu origem ao lago Titicaca, na fronteira entre Peru e Bolívia. Já as lagoas costumam ser resultado de fenômenos localizados. “Um desmoronamento ou mesmo um único castor podem formar uma lagoa”, diz Mário. Como não existem limites precisos para diferenciar um do outro, os termos geram confusão e, no final, a escolha do nome depende mais do uso popular. Um bom exemplo é a lagoa dos Patos, no Rio Grande do Sul – apesar de ser a maior do Brasil, ela não é chamada de lago” (Para os geólogos ela é vista como  Laguna). Fonte: Mundo Estranho
Bacia Hidrográfica
Oceanos
Tipos de Água
Água bruta – “Água de uma fonte de abastecimento, antes de receber qualquer tratamento.”
Água doce – é a água dos rios lagos e das fontes.
Água dura – é a água com elevado teor de cálcio e magnésio, estes geralmente com binados a carbonatos e/ou bicarbonatos. Uma água mole tem 0-75 mg de carbonato de cálcio, sendo que a água dura tem 150-300 mg de carbonato de cálcio.
Água de fonte ou água mineral – contém substâncias minerais e gasosas, dissolvidas. Conforme o principal mineral dissolvido, a água de fonte podeser alcalina, sulfurosa, etc; decorrendo daí suas propriedades medicinais. Existem diversos tipos de águas minerais. As principais são:
Salobra – é levemente salgada, mas com salinidade inferior a água do mar, e não forma espuma com o sabão.
Acídula – contém gás carbônico. É chamada também água gasosa. Tem um sabor ácido e é usada para facilitar a digestão.
Magnesiana - predominam os sais de magnésio. É usada para ajudar o funcionamento do estômago e do intestino.
Alcalina – tem bicarbonato de sódio e combate a acidez do estômago.
Sulfurosa – contém substâncias à base de enxofre e é usada no tratamento da pele e das vias
respiratórias.
Ferruginosa – possui ferro e ajuda no combate à anemia.
Termal ou água termomineral – água mineral que apresenta temperatura superior à temperatura
do ambiente. Possui ação medicinal devido às substancias minerais e gasosas nela dissolvidas.
Esse tipo de água é usado para curar certas doenças da pele.
Água gaseificada – recebe artificialmente o acréscimo de dióxido de carbono, podendo ser ou não enriquecida de sais minerais. Existem fontes naturais de águas gaseificada, mas parte do gás se perde no processo de engarrafamento. A única forma de beber água naturalmente gaseificada é direto da fonte.
Água poluída – é a água suja ou contaminada, isto é, contém impurezas, microrganismos, etc.
Água potável – água para consumo humano cujos parâmetros microbiológicos, físicos, químicos e radioativos atendam ao padrão de potabilidade e que não ofereça riscos à saúde.
Água pura - se for considerada como pura a água composta, exclusivamente, por hidrogênio e oxigênio, conclui-se que não existe água pura na natureza, pois por onde a água passa ela vai dissolvendo e incorporando substâncias as quais irão alterar suas características originais.
Águas residuárias – “Resíduos líquidos ou de natureza sólida conduzidos pela água, gerados pelas atividades comerciais, domésticas (operações de lavagem, excretas humanas, etc.) ou industriais.”
Água salgada – é a água que contém muitos sais dissolvidos, como a água do mar.
Água salobra - água com teor de sais que, dependendo da concentração, impede seu consumo pelo homem e animais.
Água servida – é aquela que foi utilizada pelo homem, tendo suas características naturais alteradas.
Água subterrânea – “Suprimento de água doce abaixo da superfície da terra, em um aqüífero ou no solo, que forma um reservatório natural para o uso do homem.”
Água superficial – é toda a água doce encontrada, num dado momento, na superfície da terra, tais como
em rios, lagos, reservatórios etc.
Água tratada – “Água a qual tenha sido submetida a um processo de tratamento, com o objetivo de torná-la adequada a um determinado uso.”

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.