Autoplay

domingo, 16 de outubro de 2011

A infância dos maiores cientistas de todos os tempos

Conheça fatos curiosos sobre a meninice desses grandes gênios da Ciência e Tecnologia
Galileo era um aluno CDF e Einstein teria sido reprovado em matemática
Galileo era um aluno CDF e Einstein teria sido reprovado em matemática
Dia 16 de outubro é comemorado o Dia da Ciência & Tecnologia, uma das áreas mais importantes do mundo. Para comemorar está data tão significativa, o MSN Tecnologia preparou uma lista bem humorada com os cinco maiores cientistas de todos os tempos.
Mas como o Dia das Crianças também foi celebrado agora, dia 12 de outubro, resolvemos contar alguns fatos curiosos sobre a infância dessas mentes brilhantes que, na fase adulta, realizaram grandes descobertas e invenções revolucionárias.
É claro que muitas figuras notáveis ficaram de fora, mas os nomes aqui presentes representam com louvor esta profissão que, embora pouco popular entre as garotas, é de extrema importância para o avanço da civilização humana.
Confira a seguir quem foram esses homens e um pouco mais de suas infâncias.

Aristotl_01(1)
Aristóteles (384 a.C. – 322 a.C.)
O filósofo grego Aristóteles provavelmente foi primeiro nerd da história da humanidade. Para se ter uma idéia, seu apelido na escola era “O leitor”, devido à fome com que Aristóteles lia e se cercava de livros.
Embora nunca tenha feito nenhuma descoberta, Aristóteles é apontado como o criador da biologia. Foi ele o primeiro a classificar os seres vivos de forma racional baseada nas características de cada animalzinho.
Aristóteles também acreditava na política como ferramenta capaz de assegurar a felicidade coletiva, provando que até um gênio pode se enganar de vez em quando.

galileu_0001
Galileo Galilei (1564 – 1642)
Galileo sempre foi um aluno CDF, para usar a gíria estudantil, e viveu a maior parte de sua vida em Pisa e em Florença, na Itália.
O italiano era tão atrapalhado que costumava apontar o seu microscópio para o céu. É claro que ele não conseguiu ver muita coisa, mas aquilo lhe rendeu uma idéia.
De posse de uns “óculos especiais” aperfeiçoados por ele mesmo, Galileo conseguiu fazer descobertas astronômicas incríveis e de quebra inventar o termo "telescópio".
Uma das maiores realizações de Galileo foi a descoberta de que haviam luas ao redor de Júpiter, provando que nem todos os corpos celestes giravam em torno da Terra, como se acreditava naquela época.

newton_0001
Isaac Newton (1643 – 1727)
Com uma cabeleira de dar inveja a Marge Simpsons, o pequeno Newton vivia sendo zuado pelos colegas, que diziam que suas madeixas eram capazes de amortecer uma bigorna. No entanto, eles estavam errados.
Certa vez, ao sentar-se por baixo de uma macieira num jardim, uma maça bateu na cabeça de Newton, já adulto, fazendo com que ele não só sentisse o impacto, como, de alguma forma, ficasse ciente da força da gravidade.
Este pequeno acontecimento se tornou em umas das descobertas mais importantes da Ciência, permitindo ao homem entender como se formam as estrelas e os planetas e como eles se agrupam para formar as galáxias.

thomas_edison_0001
Thomas Edison (1847 – 1931)
Ao contrario de seus antecessores, Thomas Edison era um péssimo aluno que não parava quieto nas aulas e nunca fazia as lições de casa. Por conta disso, acabou expulso do colégio e foi educado por sua mãe.
Quando tinha 21 anos, Edison registrou o seu primeiro invento: uma máquina de votar pela qual ninguém se interessou.
Ao invés de ficar frustrado, ele prometeu que criaria uma nova invenção a cada dez dias, ou até conseguir produzir alguma coisa que prestasse.
Edison nunca chegou a atingir esse objetivo – de criar uma invenção a cada dez dias -, mas conseguiu registrar 2.332 patentes ao longo de sua vida, sendo considerado o maior inventor de todos os tempos.
Entre as suas maiores invenções, está a lâmpada incandescente, que aparece até hoje em cima da cabeça das pessoas quando elas têm uma grande idéia.

albert_0001
Albert Einstein (1879 – 1955)
Com visual de cientista maluco, Einstein foi uma das mentes mais brilhantes do século XX e responsável por estabelecer novos parâmetros para a ciência moderna, lançando uma maneira inovadora de se pensar o universo.
A teoria da relatividade publicada por Einstein afirma que tudo é relativo (não me diga?) e que o tempo passa mais lentamente quanto maior é a velocidade a que nos deslocamos (ok, isso é impressionante).
Uma lenda diz que Einstein teria sido reprovado em matemática quando era estudante. Entretanto, quando lhe mostraram um recorte de jornal com esta questão, Einstein riu e disse: “Isso é mó ladainha, Antes dos quinze anos já pegava todas as menininhas e ainda dominava cálculo diferencial e integral”, humilhou o cientista.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.