Autoplay

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Sapo "extinto" há 140 anos é encontrado de novo no Sri Lanka

Em reserva natural, pesquisadores locais descobriram exemplares da espécie 'Adenomus kandianus', caracterizada por grandes verrugas nas costas


Adenomus kandianus (Foto: L.J. Mendis Wickramasinghe/Dulan Ranga Vidanapathirana/Nethu Wickramasinghe)

De acordo com a lista vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN, na sigla em inglês), o sapo Adenomus kandianus está extinto. Mas pesquisadores de uma fundação do Sri Lanka encontraram novos exemplares da espécie, quase 140 depois – o último vivo havia sido visto em 1876. A descoberta foi publicada na revista Zootaxa.

Em 2009, durante expedição em uma das maiores reservas naturais do Sri Lanka, os cientistas acharam alguns sapos que acreditaram pertencer à extinta espécie. Agora, após detalhada pesquisa, eles constataram que os animais encontrados realmente são Adenomus kandianus, diferenciados pela forma peculiar dos dedos e por grandes verrugas nas costas.

Este sapo é uma das 21 espécies de anfíbios consideradas extintas no Sri Lanka. O desmatamento realizado no país para dar espaço ao cultivo de chá e à mineração ilegal tem ameaçado o habitat dos sapos que vivem em florestas. Há ainda a poluição causada por peregrinos que rumam à montanha Sri Pada todos os anos. O local é reverenciado como sagrado por religiosos locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.