Autoplay

domingo, 3 de agosto de 2014

Fóssil de réptil pré-histórico carnívoro é encontrado em Minas Gerais

Do UOL, em São Paulo

Veja imagens de Ciência do mês (agosto/2014)9 fotos

5 / 9
DESCOBERTA EM MINAS - Um fóssil de uma espécie recém-descoberta de crocodiliforme baurusuquídeo, de tamanho grande, que competia com os dinossauros terópodes (carnívoros), foi encontrado no Triângulo Mineiro. O crânio do animal tinha 38 cm de comprimento e ele possuía uma dentição altamente especializada para hábitos carnívoros. Além do crânio, também foi encontrada a maior parte do esqueleto do fóssil. A espécie foi descoberta na região de Campina Verde, em Minas Gerais, nas rochas do período Cretáceo Superior (aproximadamente 90 milhões de anos atrás). De acordo com os pesquisadores, este é o maior crocodiliforme encontrado na região mineira Leia mais L. Adolfo/Estadão Conteúdo
 
Um fóssil de uma nova espécie de crocodiliforme baurusuquídeo, de tamanho grande, que competia com os dinossauros terópodes (carnívoros), foi encontrado no Triângulo Mineiro.
O crânio do animal tinha 38 cm de comprimento e ele possuía uma dentição altamente especializada para hábitos carnívoros. Além do crânio, também foi encontrada a maior parte do esqueleto do fóssil.
A espécie foi descoberta na região de Campina Verde, em Minas Gerais, nas rochas do período Cretáceo Superior (aproximadamente 90 milhões de anos atrás). De acordo com os pesquisadores, este é o maior crocodiliforme encontrado na região mineira, diferente das espécies já conhecidas, como Campinasuchus dinizi, que foi encontrado na mesma região em 2011.

O Triângulo Mineiro possui alto potencial paleontológico, e os trabalhos de campo ainda serão realizados durante este ano.
A equipe que participou desta descoberta contou com dez pessoas do Complexo Cultural e Científico de Peirópolis e da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) e envolveu geólogos, paleontólogos e técnicos, que trabalharam durante cinco dias na expedição.
A próxima etapa do trabalho é a preparação do exemplar e o início dos estudos científicos para futura publicação. Os recursos deste projeto são provenientes do MCTI (Ministério de Ciências, Tecnologia, Inovação).
Ampliar

Ilustrador reconstrói cenas do cotidiano dos dinossauros10 fotos

7 / 10
Um plesiossauro de pescoço extremamente longo caça peixes no mar de Bearpaw, nesta ilustração feita para ser vendida e ter seu valor doado para a construção de um novo museu paleontológico no Canadá. A cena faz parte do livro The Paleoart of Julius Csotonyi, do premiado ilustrador Julius Csotony, lançado este mês. Csotony tem PhD em microbiologia e possui trabalhos em museus e artigos Julius Csotonyi/Reprodução

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.