Autoplay

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Por que furacão “Katrina” ?

Todos os furacões que ocorrem nos países voltados para o oceano Atlântico Norte recebem um nome próprio. O que pouca gente sabe é que o nome de um furacão é escolhido com antecedência.
Na verdade, especialistas elaboraram uma lista de nomes, metade masculinos e metade femininos, que são repetidos a cada seis anos. Quando um furacão parece estar se formando sobre o oceano, a lista do ano é consultada para que lhe seja dado um nome. Esse nome é escolhido por ordem alfabética. Dessa forma, pelo nome, descobrimos qual número corresponde à letra inicial e podemos saber se aquele é o primeiro, o segundo ou o terceiro furacão do ano.

Snap 2014-08-06 at 22.24.20
Nome dos furacões para o Atlântico Norte de 2012 a 2016. Fonte: NOAA (2011).

Se, por acaso, o número de furacões ultrapassar o número de nomes da lista, serão utilizadas letras do alfabeto grego, como alfa, beta, gama etc., como aconteceu no ano de 2005. No passado, os furacões recebiam o nome do santo do dia em que ocorreu, ou do mais próximo.

A prática de batizar os furacões com nomes próprios começou a partir de 1950, quando os especialistas passaram a identificar o fenômeno por meio das imagens de satélites e todos os furacões passaram a receber nomes femininos. O primeiro, por exemplo, foi chamado de Able.
Essa prática, no entanto, gerou muita confusão. Os meteorologistas, então, modificaram a regra. Assim, desde 1979, os nomes se revezam entre femininos e masculinos. Quando um furacão é devastador, seu nome é retirado da lista para sempre.
Desde que começou a ser usada, 67 nomes já foram retirados da lista. O primeiro a deixar a lista foi Hazel, em 1954, e os últimos foram Dennis, Katrina, Rita, Wilma e Stan, todos provenientes da violenta temporada de furacões de 2005.
Afirma-se que o aquecimento global vai aumentar a frequência de furacões, apesar de no passado ocorreram furacões tão ou mais intensos que os atuais. No site do National Hurricane Center, NOAA (EUA), encontra-se uma lista de furacões mais letais da história.

 Tudo a ver
climatologia-facil-fdb5b3 

Qual a diferença entre um tornado e um furacão? Como são formados os desertos? Para a respostas destas perguntas entre tantas outras relacionadas a climatologia, leia o livro Cliamtologia fácil de Ercília torres. A professora e pesquisadora do Departamento de Geografia e Coordenadora do Laboratório de Climatologia Geográfica – LCGea da Universidade de Brasília reune nesta obra as perguntas feitas por seus alunos durante seus mais de 15 anos de experiência no ensino de Climatologia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.