Autoplay

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Química- Todos os plásticos são iguais?
polimero CAPA

Passamos a entender muito melhor a vida quando estudamos química, ciência responsável por tudo que você usa e o que acontece ao seu redor!

No post de hoje vamos conhecer a respeito de um material inventado por nós para facilitar nossa vida e que possui inúmeras aplicações devido a diferentes propriedades que esse material pode ter.
Inventado por volta do ano de 1860, o Plástico, possuía flexibilidade, resistência a água, cor opaca e fácil pintura, como suas principais características.

Hoje sabemos que esse material pode ser modificado e possuir outras diversas propriedades e consequentemente aplicações.
Ainda, devido a essas evoluções foi sendo necessário preocupar com questões relativas a reciclagem do plástico, isso muito porque o plástico passou a ser altamente utilizado por substituir madeira, vidros, tecidos e papéis.. entre outros.

Como eu disse acima, os plásticos têm aplicações de acordo com suas propriedades, assim podemos citar alguns tipos de plásticos. Vamos lá? Olha abaixo se você já viu esses símbolos. Tenho certeza que sim!
Para você que é estudante e pretende fazer as provas do ENEM sabe que esse exame adora assuntos relacionados ao meio ambiente, então é muito bom ficar antenado nisso. ok?

PET (TEREFTALATO DE POLIETILENO)

PET O PET é um dos “plásticos” mais altamente utilizados comercialmente por possuir diversas aplicações, como embalagens para refrigerantes, toalhas, sacos de lixos, baldes, brinquedos, entre outros e baixo custo.
Ele é fabricado a partir do Etileno, veja a estrutura química do eteno abaixo:
Coloquei acima plástico “entre aspas” porque o nome correto para o PET e tantos outros da família seria de POLÍMEROS, plástico é um nome popular.
Já pensou, alguém dizer que vai comprar um vasilha de Tereftalato de Polietileno para sua mãe? No mínimo engraçado! : )
Os polímeros são compostos formados por uma estrutura química grande e são obtidos através de estruturas menores chamadas monômeros.
polimero
A figura acima representa bem o que é o polímero. A estrutura menor o clipe se agrupa até formar uma estrutura maior denominada polímero, assim o polímero é formado pela repetição dos monômeros na sua estrutura.
No caso do PET, o monômero é o Etileno e forma a seguinte estrutura:

O PET possui alta resistência a agentes químicos e boa flexibilidade. Aplicações que necessitam dessas características buscam o PET para o uso.
O PET pode ser reciclado gerando benefícios não somente para o meio ambiente, mas também para a sociedade e é economicamente viável.

HDPE (POLIETILENO DE ELEVADA DENSIDADE)

Entre a classificação dos polietilenos está o HDPE. Esse polímero como o próprio nome diz tem alta densidade, possui elevada cadeia carbônica e oferece assim alta durabilidade, resistência e são materiais mais rígidos.
É muito utilizado em embalagens de shampoo, detergentes entre outros.

PVC ( POLICLORETO DE VINILA)

pvc

O PVC é um polímero bastante versátil, pois em sua formulação pode ser usado diferentes tipos de componentes.
Devido a isso e por ter uma polaridade alta pode interagir com diferentes tipos de substâncias e portanto possuir diferentes aplicações.
Podemos citar, por exemplo, aplicação desse polímero em embalagens, na qual, essas podem ser rígidas ou flexíveis, transparentes ou não, variando desde tubos para construção civil a couro sintético.

LPDE (POLIETILENO DE BAIXA DENSIDADE)

O LPDE é um polímero altamente flexível e tem bastante resistência ao impacto. Tem aplicação para fabricação de sacos plásticos, tubos de laboratórios e vários tipos de recipientes.

PP (POLIPROPILENO)

polipropileno

O polipropileno é um dos materiais mais econômicos entre os polímeros, possui alta rigidez, resistência às altas temperaturas e muito importante ainda, possui fácil moldagem.
Porém, esse polímero tem baixa resistência a oxidação e pouca resistência ao impacto a baixas temperaturas.

PS (POLIESTIRENO)

poliestireno
O poliestireno possui como uma das suas principais características, baixo custo, apresenta uma elevada dureza, alta resistência ao impacto, é muito semelhante ao vidro e processamento fácil.
Esse tipo de polímero é muito usado para fabricação de potes de iogurtes, tesouras, pipetas descartáveis, entre outros.

RESTANTE DOS PLÁSTICOS

Essa categoria de plástico é englobada por:
POLICARBONATO
Lexan.png
Possui elevada resistência ao impacto, sendo muito utilizados em para-brisas e claraboias, por exemplo, material flexível e leve. Possui a característica de manutenção das suas propriedades mecânicas mesmo quando submetido a elevadas temperaturas.
BISFENOL A

O Bisfenol A tem inúmeras aplicações como em computadores, tintas, revestimento de latas de comida e bebida, entre outros.
Segundo estudos o bisfenol pode provocar alterações nos hormônios do corpo humano, podendo causar danos a saúde como infertilidade, endometriose e até câncer.
Devemos ao máximo tentar utilizar material de vidro ao invés de plásticos. Veja vídeo da campanha  contra o Bisfenol A da SBEM Nacional:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.