Autoplay

terça-feira, 6 de janeiro de 2015


A origem do Efeito Doppler

Nasce Christian Doppler, descobridor do efeito Doppler

29-11-1803
No dia 29 de novembro de 1803 nascia em Salzburgo, na Áustria, Christian Doppler, conhecido por descobrir o Efeito Doppler. Ele começou seus estudos em uma escola cristã quando jovem e mais tarde se dedicou à astronomia e à matemática em Salzburgo. Aos 38 anos, começou a trabalhar no Instituto Politécnico de Praga na Tchecoslováquia. Apenas um ano depois, se tornou famoso por descobrir que a frequência observada de ondas de luz e som é afetada pelo movimento relativo da fonte e do detector (em outras palavras, as suas posições em relação um ao outro) e isso ficou conhecido como o Efeito Doppler.

Em 1842, Doppler publicou esta observação em seu ensaio mais conhecido, “Na luz colorida das estrelas binárias e algumas outras estrelas do céu”. Enquanto trabalhava como professor em Praga, Doppler publicou mais de 50 ensaios sobre matemática e ciências. Mais tarde, trabalhou como professor de matemática, física e mecânica na Academia de Minas e Florestas na Eslováquia, e depois como chefe do Instituto de Física Experimental da Universidade de Viena. Em 17 de março de 1853, com apenas 49 anos, Christian Doppler morreu de uma doença respiratória em Veneza.

O Efeito Doppler consiste em uma mudança percebida na frequência de todos os tipos de ondas, inclusive ondas de luz e de som - isso pode ser percebido pela movimentação de um carro com sirene, como ambulância, bombeiros ou polícia: quando o veículo está se aproximando, a frequência de sons é maior que a frequência real emitida; quando o veículo está passando, a frequência de sons é a mesma que a frequência real emitida; e quando o veículo está se afastando, a frequência de sons é mais baixa do que a frequência real emitida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.