Autoplay

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

A origem do Estreito de Bring

O dia 20 de agosto do ano de 1741 representou uma data crucial na história da exploração marítima, com o primeiro registro da chegada de uma embarcação russa na costa noroeste do continente norte-americano. Sob o comando do dinamarquês Vitus Bering, os navios russos cruzaram, pela primeira vez, o que hoje é chamado o Estreito de Bering, estabelecendo a existência de uma "ponte de terra" que unia os dois continentes, e abrindo caminho para a colonização russa do Alasca.
 
Desta vez, a expedição tinha dois navios: Bering era o capitão do São Pedro, enquanto o seu colega, Alexei Chirikov, comandou o São Paulo. Eles saíram de Kamchatka no dia 4 de junho de 1741, em direção ao sudeste. Bering e sua tripulação desembarcaram no que viria a ser chamado Kodak Island, no dia 20 de agosto, no acontecimento que ficou conhecido como o primeiro desembarque russo comprovado no Alasca.
 
O desembarque foi breve, já que Bering decidiu retornar rapidamente para a Rússia pois o grupo estava ficando sem suprimentos. Bering, contudo, não conseguiu realizar a viagem e morreu doente em uma ilha inóspita, onde foi enterrado pelos membros sobreviventes de sua tripulação.
 
Os homens de Bering retornaram à Rússia, onde foram divulgados os resultados da expedição. Começou o período de interesse do país no continente norte-americano, que terminou em 1867, quando Alasca foi vendido aos Estados Unidos por US$ 7,2 milhões. Por seus feitos, Bering foi nomeado Herói da Rússia e muitos acidentes geográficos foram nomeados em sua homenagem, incluindo a ilha em que ele morreu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.