Autoplay

quarta-feira, 9 de setembro de 2015


Carvão Ativado 

O carvão é composto por carbono e o carvão ativado é uma forma de carbono puro, com muitos poros, pois ao ser tratado com oxigênio, há a abertura de pequenos poros entre os átomos de carbono.

O carvão ativado é obtido através da queima controlada, feita à uma temperatura entre 800ºC a 1000ºC. É um trabalho realizado com cuidado e restrição, para que não tenha a perda da porosidade, e nem a queima total do carvão.

Esse tipo de carvão, possui a capacidade de coletar de forma seletiva diversos gases, líquidos e impurezas, através dos seus poros. Possui uma característica adsorvente.
No processo de adsorção, as moléculas de uma substância se fixam à superfície de outra. Como o carvão ativado possui uma superfície muito grande, há várias áreas de ligação. Assim, quando determinadas substâncias químicas se aproximam da superfície do carbono, acabam se unindo.

Por toda essa função, o carvão ativado é muito utilizado em sistemas de filtragem, como tratamento de água, de efluentes e adsorção de gases. Quando as impurezas são formadas por carbono, o carvão "aprisiona" ainda mais, assim como o cloro. Mas existem outras substâncias, como o sódio e o nitrato, que passam direto e não são atraídas. Portanto, um filtro de carbono pode remover algumas impurezas de uma maneira muito eficiente, assim como pode deixar outras de lado. Após preencher todos os lugares de ligação do carvão, o filtro para de funcionar e deve ser substituído.

Biocarvão

O biocarvão, também conhecido como "Biochar" e "Terra preta", é uma técnica agrícola resgatada após muitos anos. Ela consiste em adicionar o carvão resultante da queima de matéria orgânica à terra, provocando a grande fertilidade do solo. É como um adubo, que favorece a produção agrícola e serve também, como uma grande alternativa para a redução de carbono na atmosfera. 
Quando há queimadas na floresta, parte de todo o carbono absorvido pelas plantas acaba se tornando carvão, sendo assim, não é atacado por microorganismos. Portanto, o CO2 fica armazenado no solo por milhares de anos, ajudando na redução do aquecimento global.


A "redescoberta" do biocarvão é uma ótima opção para que as plantações voltadas para a bioenergia possam ser transformadas em "Terra preta", por ser uma ótima maneira de "guardar" carbono e ajudar o solo.

A melhor alternativa é aumentar e incentivar o uso de biocarvão pelos agricultores, que ao serem instruídos, podem produzir e até fabricar os "fertilizantes de carvão". Se essas medidas começarem a ser praticadas, milhares de toneladas de biomassa serão aproveitadas de maneira extremamente benéfica para o planeta Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.