Autoplay

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Conhecendo os estilos de cones vulcânicos

Por: Marcus V. Cabral - 09/09/2015


Os vulcões possuem quatro tipos principais de cones
Os vulcões possuem quatro tipos principais de cones
Os vulcões possuem quatro tipos principais de cones, os quais veremos a seguir.

Estrato Vulcões: Possui um cone enorme, bastante íngreme e simétrico. Esses são considerados os vulcões mais perigosos, porém, podem ficar até séculos inativos. Exemplo: Fuji Japão, Santa Elena, EUA, Etna e Vesúvio Itália.

Vulcões de Escudo: São cones de grande dimensão, porém, são muitos quilômetros de base, mas poucos quilômetros de altura. O magma é pouco viscoso, sua declividade é suave e o extravasamento do magma é calmo, formando lagos de lava na cratera ou na caldeira. Exemplos: Kilauea e Mauna Loa no Havaí.

Domos Vulcânicos: Possui encostas íngremes e topo arredondado (Feição dômica). Seu magma é altamente viscoso podendo gerar explosões, devido aos gases acumulados. Exemplo: domo no interior da erupção do vulcão de Santa Elena.

Cone Vulcânico Piroclástico: Possui um cone pequeno, menor que 300 metros. Possui uma inclinação íngreme e sua ejeção possui muita quantidade de material piroclástico. Exemplo: Krakatoa (Indonésia).

O vulcanismo atual está associado ao movimento de placas tectônicas e às plumas profundas no manto (hotspots), que estão no interior das placas.

Os vulcões, em sua maioria, estão concentrados em regiões limítrofes dos continentes ao longo das cadeias montanhosas, ou nos oceanos, nas dorsais.

Atualmente, cerca de 60% dos vulcões ativos encontram-se numa região conhecida como “Cinturão de fogo”.

Dos 400 vulcões ativos no mundo, aproximadamente 300 estão no Pacífico (ou “Círculo de Fogo” ou “Anel de fogo”).

Existem também três tipos de atividade vulcânica de acordo com as características dos magmas. Observe-as a seguir:

Explosiva: É caracterizada pela quantidade considerável da liberação de materiais sólidos e uma violenta liberação de gases. Os magmas são viscosos.

Efusiva: É caracterizada pela emissão demorada das lavas.

Mista: É caracterizada por alternar explosões violentas e emissão lenta de lavas.


Quanto à atividade vulcânica, existem três tipos:

A - Constantes ou ativos: São vulcões que apresentam erupções constantes e lentas.

B - Ativos periódicos: São vulcões que entram em erupção periódica, mas são violentos.

C - Extintos ou passivos: São vulcões que não têm mais atividades eruptivas.

Agora veremos alguns exemplos de vulcões, seus nomes e localizações.

No Brasil, a cidade de Poços de Caldas está sob uma grande caldeira de 30 quilômetros de diâmetro, porém, atualmente não há mais vestígios de fenômenos vulcânicos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.