Autoplay

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Britânico fotografa caverna 'sem fim' no Vietnã

DA BBC BRASIL

O fotógrafo britânico Carsten Peter fez registros inéditos das profundezas da caverna Hang Son Doong, no Vietnã, a maior do mundo. A passagem subterrânea é tão grande que seu fim ainda não foi encontrado.

Veja galeria de fotos
 
Hang Son Doong é parte de uma galeria de 150 cavernas no Parque Nacional Phong Nha-Ke Bang, a cerca de 500 km da capital, Hanoi.

Carsten Peters/National Geographic Stock/Caters
A caverna já foi usada como esconderijo contra os bombardeios americanos; veja galeria de fotos
A caverna já foi usada como esconderijo contra os bombardeios americanos; veja galeria de fotos

Carsten Peters/National Geographic Stock/Caters
Fotógrafo descobriu até mesmo uma floresta escondida dentro da caverna; veja galeria de fotos
Fotógrafo descobriu até mesmo uma floresta escondida dentro da caverna; veja galeria de fotos
Peter acompanhou uma equipe da Associação Britânica de Pesquisa de Cavernas, que descobriu a entrada do local em 2009. A caverna já havia sido usada como esconderijo contra os bombardeios americanos durante a Guerra do Vietnã.
As novas expedições mostram que o espaço tem pelo menos 4,5 km e chega a 140 m de altura em algumas partes.

Por causa da descoberta, a passagem subterrânea vietnamita passou a ser considerada a maior do mundo, ultrapassando a caverna do Veado, na ilha de Bornéu, que tem 1,6 km de comprimento e 91 metros de altura.

Peter, que é explorador há 35 anos, descobriu até mesmo uma floresta escondida dentro da caverna.
"Visitei tantas cavernas que perdi a conta, mas esta é certamente uma das mais únicas e incomuns que já vi", disse o fotógrafo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.