segunda-feira, 28 de maio de 2018


Coyotes have conquered North America

Coyotes (Canis latrans) are a mammalian anomaly: Whereas most species are in a state of decline, the wily mammal is thriving in northern boreal forests, tropical rainforests, and everywhere in between, The Washington Post reports. For millennia, coyotes were found in the western two-thirds of North America, from Canada to Guatemala. But since 1900 they’ve spread like wildfire, popping up in Alaska, along the eastern seaboard, and in Panama, according to a study published today in ZooKeys.
Scientists compiled records of coyote locations over the past 10,000 years—using things like fossil discoveries and biological surveys—to map out how the species has spread. The researchers say coyotes likely benefited from forest fragmentation and the widespread eradication of larger predators, like wolves.

Coiotes conquistaram a América do Norte

Os coiotes (Canis latrans) são uma anomalia dos mamíferos: enquanto a maioria das espécies está em declínio, o mamífero astuto está prosperando nas florestas boreais do norte, nas florestas tropicais e em todos os lugares, informa o The Washington Post. Por milênios, os coiotes foram encontrados nos dois terços ocidentais da América do Norte, do Canadá à Guatemala. Mas desde 1900 eles se espalham como fogo, surgindo no Alasca, na costa leste e no Panamá, de acordo com um estudo publicado hoje no ZooKeys.

Cientistas compilaram registros de localizações de coiotes nos últimos 10.000 anos - usando coisas como descobertas de fósseis e levantamentos biológicos - para mapear como a espécie se espalhou. Os pesquisadores dizem que os coiotes provavelmente se beneficiaram da fragmentação das florestas e da erradicação generalizada de predadores maiores, como os lobos.