Autoplay

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Anseriformes

Anhuma














A anhuma (Anhima cornuta) é uma ave anseriforme da pequena família Anhimidae. É típica da América do Sul, encontrada na Amazônia, no Pantanal e em regiões do Nordeste e do Sudeste do Brasil e também na Colômbia, no Equador e no Peru.

Tachã















O tachã (Chauna torquata) é uma ave anseriforme aparentada com a anhuma, natural das regiões da Argentina e Bolívia até a região Sul do Brasil.
  
Anseranas semipalmata


  










Anseranas semipalmata é uma espécie de ave residente do norte da Austrália e do sul da Nova Guiné. É encontrada em áreas molhadas e é quase sedentário, a não ser durante as temporadas de seca.

Marreco-mandarim
















O marreco-mandarim, pato-mandarim ou mandarim (Aix galericulata) é uma espécie de pato domesticável de médio porte originário da China.

Pato-real














O pato-real (Anas platyrhynchos) é uma espécie de pato que habita áreas temperadas e sub-tropicais das Américas, Europa e Ásia. A espécie tem forte dimorfismo sexual, tendo os machos uma cabeça de cor verde muito característica. É o antecessor da maioria dos patos domésticos atuais.

Pato-ferrugíneo































O pato-ferrugíneo (Tadorna ferruginea) é uma espécie de pato bastante estendida na Ásia e no Norte da África. No solo europeu destacam-se as populações do sul da Espanha e em Portugal.

Ganso-do-índico















O Ganso-do-índico (Anser indicus) é uma espécie de ganso que se reproduz na Ásia Central, em colônias de milhares de indivíduos. Coloca de 3 a 8 ovos por vez em um ninho de terra.

Ganso-de-faces-brancas






























O ganso-de-faces-brancas (Branta leucopsis)  é um ganso de dorso escuro e flancos cinzentos que nidifica nas regiões árticas (Ilhas Svalbard e Nova Zembla) e inverna nas regiões temperadas da Europa, principalmente no Reino Unido e na Holanda.

Na Península Ibérica este ganso é um invernante muito raro, sendo considerado de ocorrência acidental.

Ganso-de-faces-negras













O ganso-de-faces-negras (Branta bernicla) é uma espécie de ganso que caracteriza-se pela plumagem escura, destacando-se a cabeça e o pescoço negros. Este ganso nidifica nas regiões árticas e inverna na Europa central. Em Portugal ocorre irregularmente como invernante.

Pato-olho-ouro





















O pato-olho-d´ouro (Bucephala clangula) é uma espécie de pato-marinho encontrada nos lagos e rios do Canadá, Estados Unidos, Escandinávia e Rússia, mas que passam o inverno em águas costeiras.

Ganso-branco

















O ganso-branco, ganso-azul ou ganso-das-neves (Anser caerulescens) é uma espécia de ganso migratório.

Ganso-do-egito




































































O ganso-do-egito (Alopochen aegyptiacus) é uma ave anseriformes do grupo dos gansos. É também conhecido por ganso-do-nilo, ganso-raposo e em Angola por balandira. A sua área de distribuição inclui Europa e África. É especialmente comum a sul do Saara e vale do Nilo.

Pato-mergulhão















O pato-mergulhão (Mergus octosetaceus) é um pato de feições esguias e possuidor de uma longa crista na cabeça. A cabeça e o pescoço são de cor negra, sendo o resto do corpo mais ou menos acizentado. A crista é normalmente de menores dimensões nas fêmeas.

Alimentam-se de peixes, pequenas enguias, larvas de insetos e caracóis.

Marreca-cabocla
















A marreca-cabocla (Dendrocygna autumnalis) é uma espécie de marreca presente em quase todo o continente americano, comum na Amazônia brasileira. Tais aves chegam a medir até 48 cm de comprimento, com dorso ferrugíneo, fronte cinzenta, barriga negra, asas com grande mancha branca visível em vôo, bico e pés vermelhos.

Marreca-caneleira
















A marreca-caneleira (Dendrocygna bicolor) é uma espécie de marreca presente do estado da Califórnia à Argentina, incluindo o Brasil. Tais aves chegam a medir até 48 cm de comprimento e possuem plumagem parda-acanelada, pescoço com laterais anegradas, flancos listrados de amarelo, bico e pés acinzentados.

Irerê





















O irerê (Dendrocygna viduata) é uma espécie de marreca encontrada na África e na América do Sul.

Pato-corredor



















O pato-corredor (Neochen jubata) é um ave natural da Venezuela à Bolívia, Paraguai, Argentina e da região amazônica e central do Brasil. Tais aves medem cerca de 53 cm de comprimento, com o dorso e ventre castanhos, cabeça e peito amarelados, asas negras, bico e pés vermelhos.

Bico-roxo

















O bico-roxo (Oxyura dominica) é uma marreca que ocorre do Texas até à Argentina e em grande parte do Brasil, podendo chegar a medir até 37 cm de comprimento. Os machos da espécie possuem a cabeça e o pescoço castanhos, uma máscara negra e o bico azul berrante.

Pato-de-crista




























O pato-de-crista (Sarkidiornis melanotos) é uma ave anseriforme, que pode ser encontrada na África sub-saariana. Habita zonas alagadas, pântanos, e margens de rios, onde haja suficiente vegetação aquática.

Pato-selvagem

















O pato-selvagem (Cairina moschata), de larga distribuição pelo planeta, é o ancestral das subespécies domésticas e, no Brasil, há referências seguras de que o pato-selvagem era domesticado pelos indígenas, mesmo antes da chegada à América dos europeus

Cisne-branco






































O cisne-branco (Cygnus olor) é uma espécie de cisne nativa da Eurásia. É uma ave não migratória, mas foi introduzida na América do Norte e noutras regiões como animal ornamental de jardins.

Cisne-bravo

































O cisne-bravo (Cygnus cygnus) é um cisne nativo do hemisfério norte, sendo o animal nacional da Finlândia.

Cisne-de-pescoço-preto










































O cisne-de-pescoço-negro (Cygnus melanocoryphus) é uma ave anseriforme da família Anatidae típica do sul da América do Sul.
  
Coscoroba





























































Coscoroba coscoroba, conhecido popularmente como capororoca ou coscoroba, é uma ave anseriforme da família Anatidae.

Cisne-negro















O cisne-negro (Cygnus atratus) é uma ave aquática australiana. Podem-se encontrar em todos os estados da Austrália. O animal adulto pode pesar até 9 kg. Ao contrário de muitas outras aves aquáticas, os cisnes negros não têm hábitos migratórios. Passam a sua vida no local onde nasceram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.